fbpx

O que é Redução de Danos?

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Redução de Danos é exatamente o que o nome supõe, reduzir danos. Pensada inicialmente como um conjunto de estratégias para enfrentar um problema específico, como o aumento do uso de derivados da morfina na Inglaterra pós I Guerra Mundial ou para evitar os altos índices de transmissão do vírus HIV entre pessoas que usam drogas injetáveis na Holanda de 1980.

Nesse primeiro momento já existem duas mudanças significativas que a redução de danos traz em relação a psiquiatria da época. A primeira é a possibilidade de se pensar cuidados que não exijam a abstinência de imediato. A segunda é poder incluir os próprios usuários no planejamento das estratégias de saúde para a população.

Chegando ao Brasil, no final dos anos 1980, a redução de danos segue o modelo holandês, baseado centralmente nos programas de troca de seringas. Esses programas foram formulados para reduzir a disseminação de HIV/Aids que ocorre ao se compartilhar seringas.

Com a chegada do crack nas cidades brasileiras, a redução de danos ganha novo desafio.

De uma forma bem única, a redução de danos brasileira vai se distanciando de ser um mero cardápio de técnicas para lidar com problemas pontuais e se transformando numa ética de cuidado para esse problema complexo que é o uso de drogas e todas as determinantes biológicas, psicológicas e sociais.

É comum se ouvir por aí que a redução de danos se opõe a lógica da abstinência. É bom da gente marcar aqui que a abstinência pode ser um resultado atingido pelo redução de danos, desde que isso seja construído em conjunto com o usuário. O que difere a redução de danos da lógica da abstinência é que para a primeira a abstinência não é uma condição para se iniciar o tratamento nem é tida como único objetivo vitorioso.

Como diz Domiciano Siqueira, um dos ícones da redução de danos brasileira: “A proposta de abstinência é uma proposta que valoriza a possibilidade eminente de fracasso e a redução de danos valoriza a possibilidade de vitória”.

Convidamos você a fazer parte da construção da nossa candidatura a vereador do Rio de Janeiro outra vez. Não esqueça de preencher para participar da campanha!

Ajude nossa campanha

Nossa campanha é totalmente pelas redes, faça parte!

Mais notícias

CUIDAR TAMBÉM É TAREFA DE PAI

No Rio, a Emenda à Lei Orgânica 27/2017, de autoria de Renato Cinco, ampliou a licença-paternidade para 20 dias A luta pela igualdade de gênero

TODA MULHER MERECE UMA DOULA

No Rio de Janeiro, a presença de doulas em hospitais é permitida por lei de Renato Cinco Ainda estamos em luta para que as mulheres

Quer ajudar mais?

entre em contato com a gente