fbpx

A HISTÓRIA DA PROIBIÇÃO DAS DROGAS É MAIS UM CAPÍTULO DA HISTÓRIA DO RACISMO

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Essa frase é parte do meu discurso no plenário da Câmara Municipal em fevereiro de 2013, logo após tomar posse no meu primeiro mandato como vereador. Apesar das piadas e críticas sobre minha militância pela legalização das drogas, sempre fiz questão de pontuar que minha luta nunca foi só pelo direito dos usuários. Minha luta é principalmente contra o racismo que norteia a política de drogas no nosso país. A proibição da maconha (em 1830, na cidade do Rio) nunca foi por motivos científicos ou de saúde, mas sim uma desculpa para criminalização da pobreza e o racismo escancarado.

A atual lei de drogas (Lei 11.343/06) não prevê critérios objetivos para diferenciar usuários de traficantes, contudo, os negros são tidos como traficantes mesmo que com menos quantidade de entorpecentes que os brancos, via de regra considerdos usuários. Não é à toa, é expressão do racismo na legislação penal.

É sob o pretexto da “guerra às drogas” que pessoas negras são violentadas cotidianamente no Rio de Janeiro, seja nos autos de resistência, nas prisões ilegais e injustas ou na militarização da vida nas favelas e bairros pobres. A luta pela legalização é uma pauta estratégica e não vamos parar de denunciar seu caráter racista!

Basta de guerra aos pobres. Vamos juntos na luta para reeleger um mandato ecossocialista e libertário, um mandato necessário! Faça parte!

RenatoCinco50555 #PSOL50 #CoragemParaMudar #RenataSouza50

Ajude nossa campanha

Nossa campanha é totalmente pelas redes, faça parte!

Mais notícias

CUIDAR TAMBÉM É TAREFA DE PAI

No Rio, a Emenda à Lei Orgânica 27/2017, de autoria de Renato Cinco, ampliou a licença-paternidade para 20 dias A luta pela igualdade de gênero

TODA MULHER MERECE UMA DOULA

No Rio de Janeiro, a presença de doulas em hospitais é permitida por lei de Renato Cinco Ainda estamos em luta para que as mulheres

Quer ajudar mais?

entre em contato com a gente